O que a gente faz é F#%A

Hoje eu queria falar principalmente com quem está começando, com o artista em início de carreira, com o produtor que decidiu mudar de área, com o insatisfeito que decidiu se jogar no vazio e preencher sua vida e a vida dos outros de arte e cultura.

Já faz alguns bons anos que estou nesta jornada… e não é de hoje que comento que percorrer este caminho traz glórias e derrotas, felicidades e lágrimas, certezas e dúvidas. Ainda assim, continuo vendo um caminho de pedrinhas douradas.

Confesso que tenho uma certa facilidade de esquecer os momentos ruins, mas, sinceramente, o que a gente faz é F#%A! Você me entendeu (não gosto de escrever palavrões na newsletter, por mais que fale bastante!).

A gente faz com pouco, faz com nada, faz com uma folha de papel em branco. A gente fala com todos de forma individual e particular. A gente faz alguém entrar na caixa preta, nas páginas de um livro, nas cenas de um filme, no espaço, onde quer que seja, e sair diferente.

A GENTE sai diferente a cada nova produção!

Enfim, eu queria escrever essa mensagem pra dizer que nem sempre é fácil, sobretudo quando o contexto que estamos vivendo não ajuda, mas que vamos continuar!

E quando a gente fraquejar, é só lembrar da frase e gritar (com palavrão e tudo):

O que a gente faz é F#%A!

Eu continuo por aqui… e precisando de um help no seu caminho de pedrinhas (espero que você as veja douradas também), pode contar com a gente.

Você sabe!