Produção cultural é amor! 

Estes dias recebi um email muito bacana de uma “futura produtora” com vários questionamentos sobre a profissão. Isso me fez refletir muito sobre minha trajetória profissional, mas, sobretudo, sobre a “formação” de produtor cultural.

Sim, eu já falei sobre isso por aqui, e também falo na primeira aula do curso gratuito de produção, mas a reflexão foi mais além. Lembrei de que muito do que aprendi foi na marra, em campo, principalmente quando acontecia algo não previsto (tá lá no “confissões“).

Mas como evitar ou ao menos minimizar esta possibilidade?


Pré-produção!

É preciso planejar muito um projeto, entender exatamente seu direcionamento, objetivos, metas… E isso a gente faz na etapa de Elaboração de Projetos. É preciso ter um Orçamento correto, consciente, com uma certa margem de manobra e sem riscos. É preciso ter uma boa equipe, pessoas em quem você pode confiar, um time, sua galera. E é preciso ter desenvolvimento pessoal, organização, disciplina e, eventualmente, tolerância ao stress porque, quer você queira ou não, um dia, você vai precisar.

Conversar com uma futura produtora, cheia de energia, vontade de trabalhar e com perguntas inteligentes (entre elas a diferença entre consumir arte e produzir arte) me trouxe um sentimento muito bom. O principal deles, que compartilho agora com você, é que um dia você vai querer desistir. Mas logo em seguida, vai vir outro dia em que você vai ter a certeza de que fez a escolha certa.

Produção cultural é amor! 

E nosso planetinha azul precisa de gente como você que sabe amar e compartilhar! 

Bora colocar nossas ideias no mundo? ❣️