Paço das Artes abre inscrições para convocatória da Temporada de Projetos 2016

Paço das Artes abre inscrições para convocatória da Temporada de Projetos 2016

O Paço das Artes –instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo– lança nesta sexta-feira (dia 14 de agosto) a convocatória da Temporada de Projetos 2016. O júri selecionará 1 projeto curatorial e 9 trabalhos artísticos, que serão expostos em datas a serem definidas pela instituição.

A Temporada de Projetos é um programa, que abre espaço ao fomento da produção artística, curatorial e crítica desde sua criação em 1997. “A Temporada de Projetos é um espaço de difusão, estímulo e de mapeamento da jovem arte contemporânea brasileira”, diz Priscila Arantes, diretora artística e curadora do Paço das Artes.

 

PAÇO DAS ARTES_fachada-noite_3_

Saiba como se inscrever

Os trabalhos propostos deverão ser anexados às fichas de inscrição e poderão ser entregues na recepção do Paço das Artes ou enviados pelos Correios até 30 de setembro de 2015 — será considerada a data de postagem.

Cada interessado poderá inscrever gratuitamente até três projetos individuais ou de grupo de artistas, desde que sejam exclusivos e inéditos para o Paço das Artes. O proponente terá ampla liberdade quanto às linguagens de arte contemporânea que serão desenvolvidas em seu projeto. O artista pode, ainda, direcioná-las a qualquer público, considerando que serão expostas em local de livre acesso.

Os selecionados para 2016 receberão um prêmio de participação, que será efetuado durante o período da exposição. Os artistas selecionados receberão um cachê de R$ 1.300,00 e o projeto de curadoria selecionado receberá a quantia R$ 3.200,00.

Além disso, o programa destinará uma verba para o auxílio da produção das obras dos projetos selecionados, montagem das exposições, expografia, entre outros.

Sobre a Temporada de Projetos

A vocação experimental do Paço das Artes é constatada principalmente por meio da Temporada de Projetos, que foi criada com o objetivo de abrir espaço à produção, fomento e difusão da prática artística jovem. Concebida em 1996, pelo diretor técnico Ricardo Ribenboim (1996 – 1997) e pela então curadora da instituição, Daniela Bousso, a Temporada de Projetos teve sua primeira exposição realizada em 1997 e se tornou, ao longo dos anos, um rico celeiro para a cena da jovem arte contemporânea brasileira.

Anualmente, a Temporada abre uma convocatória nacional selecionando nove projetos artísticos e um projeto de curadoria para serem desenvolvidos e produzidos com o respaldo do Paço das Artes. Os selecionados recebem acompanhamento crítico, a publicação de um catálogo sobre suas obras e um cachê de exibição. Desde seu surgimento, quando ainda era bienal (tornando-se anual em 2009), o programa recebeu mais de 5.000 portfólios e contabilizou mais de 250 exposições, possibilitando a emergência de inúmeros artistas, curadores e críticos, muitos deles presentes na cena artística atual.

Inúmeros são os nomes de destaque na cena de arte contemporânea, selecionados quando ainda jovens ou em início de carreira para exibir seu trabalho no Paço das Artes por meio da convocatória da Temporada de Projetos.

Para além de pretender fazer uma lista excessiva e exaustiva dos artistas que passaram pelo Paço das Artes através da convocatória de projetos o que é possível perceber é a importância de projetos como a Temporada de Projetos no sentido não somente de poder contribuir para alavancar novos nomes no cenário da arte contemporânea, mas de criar condições efetivas para a pesquisa em arte no Brasil.

Em 2014, a Temporada de Projetos ganhou destaque com o lançamento da plataforma digital MaPA: http://mapa.pacodasartes.org.br e realização de exposição homônima, na qual foi destrinchada em uma linha do tempo que oferece ao público, de maneira clara, o nome de todos os artistas, curadores, críticos e membros do júri que passaram pela Temporada de Projetos. Em números são mais de 240 artistas, 14 projetos curatoriais, 70 críticos de arte e 43 jurados que fizeram, e continuam fazendo, parte dessa história.

Paço das Artes
Avenida da Universidade, 1, Cidade Universitária, São Paulo – SP
Tel.: (11) 3814-3842 | 3815-4895

Informações para a imprensa – Paço das Artes
Carolina Ferreira | carolinaferreira@pacodasartes.org.br
Michele Tomassi | micheletomassi@pacodasartes.org.br

Tel.: (11) 3814-4832 | 3815-4895Informações para a imprensa – Secretaria de Estado da Cultura
Jamille Menezes | jmferreira@sp.gov.br | (11) 3339-8243

 



Projeto Estação da Música abrirá as estações do MetrôRio para artistas

MetrôO Projeto Estação da Música abrirá as estações do MetrôRio para artistas de todos os gêneros do cenário independente da cidade.

Para participar, leia o regulamento e envie um vídeo, mostrando a sua performance ou de sua banda.

Trinta artistas ou grupos serão selecionados por uma banca julgadora, composta por especialistas na área musical, para tocar nas estações em locais e horários variados.

É uma excelente oportunidade para divulgar o seu trabalho para milhares de pessoas que utilizam o metrô.

 

Mais informações: AQUI

Inscrições abertas para programa de residência de roteiro na Colômbia

GuionA fundação colombiana Algo em Común recebe, até o dia 19 de outubro, inscrições para seleção no programa Espacio en Común: Residência Iberoamericana de Roteiro. A residência acontece na cidade de Cali, na Colômbia, durante cinco semanas, entre os meses de fevereiro e março de 2015. O objetivo é fortalecer os roteiros de seus participantes, deixando-os prontos para desenvolvimento e produção; desenvolver os residentes em suas aptidões para apresentação, captação financeira e negociação de seus projetos; e possibilitar contatos e alianças com produtores e profissionais da região.

 

Serão escolhidos oito roteiristas – três colombianos, quatro de outros países ibero-americanos (incluindo o Brasil) e um que tenha passado pela oficina de roteiro de Cochabamba, no âmbito da 4ª edição do Bolivia Lab. Podem concorrer à participação no programa profissionais com experiência de trabalho ou acadêmica na área audiovisual, e que estejam trabalhando em seus primeiros ou segundos longas de ficção, tendo finalizado o roteiro (pelo menos em sua primeira versão). Caso o filme conte com mais de um roteirista, um representante deve ser escolhido para a inscrição. Os interessados devem se inscrever pelo site do projeto.

 

No que consiste o programa

 

O programa  oferecerá aos participantes dois laboratórios de narrativa, escrita criativa e desenvolvimento de projeto, ministrados por três professores; três masterclasses para os residentes, com a presença de público local; encontros com profissionais locais da área de audiovisual; espaço para ministrar uma oficina curta aos coletivos de cinema comunitário da cidade; inclusão do perfil do residente em um banco de projetos em desenvolvimento; produção de um vídeo sobre o projeto do participante; um encontro com produtores locais e público especializado; e acesso aos espaços de trabalho coordenados com a rede de bibliotecas públicas da cidade, centros culturais e universidades parceiras.

 

Formas de pagamento

 

O custo do investimento é de 1,6 mil dólares para as cinco semanas, mas a Fundação Algo en Común selecionará um bolsista que pagará metade do valor. Para pleitear a bolsa, é necessário apresentar uma carta de intenção, demonstrando interesse no auxílio. A Fundação também se dispõe a emitir cartas de referência e documentos necessários para os residentes que se disponham a buscar outros tipos de apoio, bem como oferecer diferentes formas de pagamento que possam viabilizar a participação.

Para mais informações, acesse o site da Fundação Algo em Común.

 

Fonte: Ancine

CONVOCATÓRIA 2015 PARA EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS NA CASA DA CULTURA DE PARATY

Casa de Cultura de ParatyA Casa da Cultura de Paraty lança a convocatória para a seleção dos artistas plásticos para exposições em 2015. Serão 3 (três) exposições selecionadas de artistas de outras cidades do Brasil e 2 (duas) de artistas locais.

INSCRIÇÕES – 01 DE OUTUBRO A 30 DE OUTUBRO DE 2014

REGULAMENTO – A Associação Paraty Cultural, sociedade civil sem fins lucrativos, no exercício das atribuições, conforme Estatuto Social registrado no Cartório Notarial e Registral de Paraty, torna pública a presente Convocatória, válida para todo o território nacional, e disposições abaixo estabelecidas:

I – DO OBJETO

O objeto desta Convocatória é a seleção de artistas que realizarão exposição temporária na Casa da

Cultura de Paraty, no sentido de fomentar a diversidade das linguagens artísticas em suas variadas formas de manifestação.

II – DAS CONDIÇÕES

2.1. Estão habilitadas a participar destas Convocatórias pessoas físicas envolvidas com as artes visuais, considerando:

a) Pessoa Física: indivíduos ou representantes de grupo de artistas maiores de 18 (dezoito) anos.

2.2. Esta Convocatória é destinada a artistas brasileiros, brasileiros residentes no exterior ou estrangeiro com residência no Brasil.

2.3. A presente Convocatória contemplará 2( duas) exposições de artistas locais de arte contemporânea e 3(três) de artistas de outras cidades do Brasil, a serem realizadas nos espaços expositivos da Casa da

Cultura de Paraty.

2.4. O (A) proponente deverá formatar o seu projeto obedecendo às exigências desta Convocatória,

podendo escolher qualquer temática ou proposta que considere de interesse para as artes visuais.

III – DA TEMPORADA DE PROJETOS 2015

3.1. A Temporada de Projetos da Casa da Cultura de Paraty abre espaço às produções artísticas.

3.2. Em 2015, a Temporada de Projetos realizará 5 (cinco) exposições individuais da convocatória.

IV – DA INSCRIÇÃO/REGULAMENTO

4.1. A Casa da Cultura de Paraty, abre inscrições para Exposições Temporárias 2015, abrangendo as

manifestações artísticas contemporâneas em sua diversidade – pintura, gravura, desenho, escultura,

objeto, instalação, fotografia, videoarte, videoinstalação, multimídia, novas mídias (eletrônicas e digitais), como arte online, ciberarte e software arte.

4.2. As inscrições serão gratuitas, realizadas no período de 01 de outubro a 30 de outubro de 2014,

devendo ser enviadas pelo correio ou feitas diretamente na Casa da Cultura, contendo os itens necessários para efetivar a inscrição e as demais exigências constantes desta Convocatória.

4.3. Os participantes que realizarem a entrega do projeto via correio e desejam receber o comprovante

devem fazer o envio na modalidade de carta registrada com Aviso de Recebimento (AR), até a data de

postagem informada nesta Convocatória (item 4.2.).

4.4. O projeto completo deve estar contido em envelope A4 ou embalagem apropriada de mesmo tamanho, identificado com o nome do artista, para o seguinte destinatário:

Casa da Cultura de Paraty – Convocatória 2015

Exposições Temporárias 2015

Rua: Dona Geralda, 177 – Centro Histórico- Paraty- RJ – CEP: 23970-000.

4.5. A Associação não se responsabiliza por projetos extraviados, não entregues no endereço e postados fora do prazo determinado nesta Convocatória.

4.7. O projeto deverá ser entregue na íntegra, não sendo admitidas alterações ou complementação

posteriores à entrega.

4.8. Os projetos apresentados deverão ser de caráter contemporâneo, inédito e exclusivo para a Temporada de Projetos 2015.

V – DO PROJETO

5.1. As propostas para exposição temporária deverão conter, na forma impressa:

a) ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada (disponível no faceboook da Casa da Cultura de Paraty;

b) release (500 caracteres);

c) memorial descritivo técnico (500 caracteres);

d) currículo resumido do artista (500 caracteres);

FACEBOOK.C0M/CASADACULTURAPARATY | T 24 3371. 2325 | RUA DONA GERALDA, 177 – CENTRO HISTÓRICO – PARATY, RJ

e) registro de imagens em CD devidamente identificado . As imagens devem estar acompanhadas com o nome do artista, título e data da obra, técnica e dimensões;

g) apresentar as especificações dos materiais necessários e relação dos equipamentos que serão utilizados para a montagem. A não apresentação desse item exclui, automaticamente, o projeto da seleção;

h) no caso de exposições em vídeo, serão aceitos somente DVDs editados ou demo com tempo máximo de duração de 5 (cinco) minutos.

VI – DA SELEÇÃO

6.1. A seleção será realizada por pareceristas convidados e a comissão de curadoria da Casa da Cultura de Paraty;

6.2. São critérios gerais norteadores da avaliação das exposições a serem contemplados pela presente

Convocatória:

a) qualidade e excelência da exposição;

b) qualidade artística, ineditismo da proposta e coerência conceitual;

c) clareza do memorial descritivo e do desenvolvimento da proposta;

6.3. Ocorrendo desistência ou impossibilidade por parte de algum selecionado, será chamado o primeiro suplente da lista.

6.4. A comissão de seleção é soberana, não cabendo veto ou recurso às suas decisões.

6.5. O resultado do processo seletivo será divulgado no facebook da Casa da Cultura de Paraty.

VII – DAS OBRIGAÇÕES

7.1. À Associação Paraty Cultural.

a) para projetos individuais e em grupo: destinar um espaço expositivo;

b) oferecer a proposta expográfica da mostra, definida pela comissão de curadoria da Associação, em

diálogo com o artista e os críticos;

c) hospedagem, alimentação e coquetel de abertura;

d) design e impressão de materiais gráficos, tais como cartaz e convite impresso e virtual;

e) divulgar as exposições por meio de assessoria de imprensa;

f) incluir textos e imagens das mostras no facebook da Casa da Cultura;

FACEBOOK.C0M/CASADACULTURAPARATY | T 24 3371. 2325 | RUA DONA GERALDA, 177 – CENTRO HISTÓRICO – PARATY, RJ

OBSERVAÇÕES:

a) toda a sinalização deverá ser feita pela Associação Paraty Cultural;

c) os conteúdos e formatos do convite, catálogo e/ou programação visual ficam a critério da Associação;

d) estar presente na abertura da exposição, e durante a montagem de seu projeto, salvo motivo de força maior;

f) entregar material (projeto, memorial, biografia, ficha técnica, verbetes, imagens) para divulgação e

realização da exposição de acordo com o cronograma estipulado pela Associação;

g) comunicar por escrito à Associação eventual mudança de endereço e outras informações relevantes;

h) observar as normas de ocupação de espaço da Associação;

FACEBOOK.C0M/CASADACULTURAPARATY | T 24 3371. 2325 | RUA DONA GERALDA, 177 – CENTRO HISTÓRICO – PARATY, RJ

 

Fonte e mais informações AQUI.