Inscrições abertas para novos cadastros de projetos no ProAC-ICMS

A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo abriu o segundo módulo de cadastramento de projetos no Programa de Ação Cultural (ProAC-ICMS), que contempla diversas linguagens artísticas, entre elas, artes plásticas, visuais, design, música, circo, audiovisual, teatro, cultura popular, dança, museus, hip-hop, literatura, preservação do patrimônio histórico, vídeo, programas de rádio e TV e bibliotecas.

Está aberto também um novo período para atualização de dados cadastrais de proponentes que estavam aprovados até a data de 24 de novembro de 2011 e não realizaram o recadastramento obrigatório entre novembro de 2011 e janeiro de 2012. O recadastramento é condição obrigatória para que o proponente habilite novos projetos. A atualização dos dados pode ser feita até o dia 20 de agosto via Sistema  ProAC.

A partir de agora, os proponentes terão como parâmetro para os custos apresentados a tabela de Indicadores Nacionais de Preços da Cultura, elaborada pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da Fundação Getúlio Vargas e publicada pela Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura.

Os realizadores que tiverem projetos aprovados podem captar recursos em empresas contribuintes do ICMS, que deverão estar previamente habilitadas junto à Secretaria de Estado da Fazenda. A empresa, com a anuência do Governo do Estado, poderá utilizar o incentivo fiscal, creditando-se em 100% do valor destinado ao projeto cultural, até o limite de 3% do valor anual devido de ICMS. No final do processo, o realizador obrigatoriamente presta contas do investimento à Secretaria.

Os proponentes já cadastrados no Sistema ProAC devem inscrever seus projetos no site da Secretaria de Estado da Cultura, até o dia 2 de novembro. As propostas serão submetidas a avaliação pela Comissão de Análise de Projetos (CAP).

*Com informações do site da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo

Prêmio Shell de Teatro de São Paulo anuncia indicados

O Prêmio Shell de Teatro de São Paulo anunciou nesta terça-feira (3) os indicados do primeiro semestre de 2012.
Destaque da lista, “L’Illustre Molière” recebeu quatro indicações entre as peças encenadas. Além de figurino e música, Sandra Corveloni foi indicada em direção e Guilherme Sant’Anna como ator.
“Mistero Buffo” concorre nas categorias direção (Neyde Veneziano) e ator (Domingos Montagner).
Veja abaixo a lista completa de indicados:

 

Autor
Ana Roxo (“Cabeça de Papelão”)
Luís Alberto de Abreu (“Francesca”)

 

Direção
Neyde Veneziano (“Mistero Buffo”)
Sandra Corveloni (“L’illustre Molière”)

 

Ator
Domingos Montagner (“Mistero Buffo”)
Guilherme Sant’Anna (“L’illustre Molière”)
João Paulo Lorenzon (“Eu vi o sol brilhar em toda sua glória”)

 

Atriz
Lucia Romano (“A travessia de Kalunga Grande”)
Walderez de Barros (“Hécuba”)

 

Cenário
José Takla (“Vermelho”)
Zé Henrique de Paula (“Bichado”)

 

Figurino
Gabriel Villela e Shicó do Mamulengo (“Macbeth”)
Zé Henrique de Paula (“L’illustre Molière”)

 

Iluminação
Lúcia Chedieck (“Eu vi o sol brilhar em toda sua glória”)
Wagner Freire e Armazém da Luz (“Ifigência”)

 

Música
Adilson Rodrigues (“Cabeça de Papelão”)
Ernani Maletta (“Hécuba”)
Fernanda Maia (“L’illustre Molière”)

 

Categoria Especial
Cia. São Jorge de Variedades pelo trabalho de pesquisa e criação de “Barafonda”
Companhia Antropofágica pelo processo de pesquisa em “Máquinas de Intervenção Urbana”

 

Fonte: Folha.com

São Paulo divulga calendário de editais do ProAC

A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo começa, a partir deste mês, a publicação dos editais do Programa de Ação Cultural (ProAC). Com orçamento inicial de R$ 25 milhões para 2012, o ProAC Editais premia artistas e produtores culturais com recursos financeiros para viabilizar a realização de projetos em várias linguagens artísticas.

Os primeiros editais publicados vão contemplar os temas teatro, dança e festivais de arte, ainda em abril. Em maio, serão publicados os editais de artes cênicas para crianças, circo, literatura e inclusão cultural. Em junho, será a vez de artes visuais, cinema e audiovisual, patrimônio cultural e museus. Em julho, completando o calendário do semestre, serão publicados os editais de música.

O intuito do programa é contemplar, principalmente, linguagens artísticas de pouca visibilidade no mercado cultural. Por isso, ao longo do ano serão publicados editais específicos para apoio a projetos de culturas tradicionais, Hip Hop e temática LGBT, além de histórias em quadrinhos, para citar alguns exemplos.

Os editais funcionam como concursos, com período de inscrição, regras e parâmetros específicos. Para cada um deles, uma comissão de avaliação analisa e escolhe os projetos vencedores.

A publicação e a abertura de prazos de inscrição são divulgados no site www.cultura.sp.gov.br.

*Com informações do site da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Edital EDP Cultura e Esporte 2011

O Edital EDP Cultura e Esporte 2011 inaugura essa plataforma com a seleção de projetos culturais e esportivos nos municípios onde atuam as empresas EDP Escelsa (ES), EDP Bandeirante (SP), Enerpeixe (TO) e Investco (TO).

Serão R$1.400.000,00 distribuídos entre projetos registrados nas Leis Federais de Incentivo à Cultura (Rouanet) e de Incentivo ao Esporte nos municípios participantes.

Inscreva-se de 27 de junho a 19 de agosto de 2011:

Modalidade 1 – Cultura
A cultura amplia conhecimentos e capacidades, contribui para a emancipação e a formação humana integral. Ela tem papel fundamental no desenvolvimento social e integração das comunidades.

Esta modalidade visa ampliar o acesso à cultura, valorizar a diversidade cultural e fortalecer expressões regionais brasileiras. Aqui, serão patrocinados projetos que promovam a difusão cultural, trabalhando elementos para a formação humana integral, como cursos, oficinas, apresentações artísticas, exposições, entre outros.

Modalidade 2 – Esporte
O esporte estimula o equilíbrio físico e mental, contribui para a formação humana integral e para a construção de relações saudáveis com o próprio corpo, com o meio e com os outros. Pelo esporte, é possível trabalhar aspectos como educação, saúde, cidadania, cultura e comunidade.

Esta modalidade busca estimular a integração social e o bem-estar, selecionando projetos que ampliem o acesso às práticas esportivas em suas múltiplas modalidades, com iniciativas como cursos, campeonatos, escolinhas, exibições ou eventos.

Clique aqui e saiba mais sobre o edital.

 

Redação http://www.culturaemercado.com.br