Prorrogação da Lei Rouanet

Hoje nós vamos falar sobre a renovação (ou prorrogação) do prazo de captação de recursos da Lei Rouanet.

 

 

Ao enviar um projeto cultural para ser analisado pelo MinC, você terá publicado no Diário Oficial o prazo de captação de recursos. Esta data se inicia no momento da publicação e se encerra sempre no dia 31 de dezembro do ano corrente. Mas, o que isso quer dizer? Se você colocou um projeto no início do ano, tem mais tempo para captar do que alguém que colocou no fim do ano, mesmo sabendo que o 2o semestre normalmente é o melhor momento para captar recursos em empresas.

 

Perto do dia 30 de novembro do ano corrente, – eu sugiro 10 dias antes – você deve solicitar o pedido de prorrogação de seu prazo de captação. Antigamente isso era feito pelos correios, enviando-se uma carta para Brasília, mas hoje tudo acontece online. Basta entrar em seu projeto no sistema Novo Salic, clicar em prorrogação e digitar data inicio 1/1/do ano seguinte e data fim 31/12 do mesmo ano. Pronto… Agora é só acompanhar uma nova publicação no Diário oficial (que normalmente sai na primeira semana do ano) e se preparar para mais um ano de captação.

 

No ano seguinte e mais uma vez no mesmo período você pode fazer isso pela segunda vez. Ou seja, tendo um projeto aprovado a captar bem no início do ano, você pode ter até 3 anos integrais para o processo de captação.

 

Muitas pessoas me perguntam por que essa preocupação com os 3 anos… na verdade há algum tempo foi publicada uma pesquisa que dizia que o prazo médio para captação de projetos culturais era exatamente este… Parece muito, mas penso que este acaba sendo o tempo certo para maturação de um projeto e a cada inscrição (em lei ou edital) sua proposta vai se aprimorando em busca de um patrocinador.

 

Atualmente o maior poder de decisão sobre projetos culturais está nas mãos das grandes empresas patrocinadoras. Cada vez que apresentar seu projeto, lembre-se de solicitar um feedback e tentar entender o que faz diferença na escolha de um projeto. Receber muitas negativas ou nenhum interesse pode indicar que seu projeto não interessa para as empresas. E ai, logicamente, vale pensar em outras estratégias de captação como o crowdfunding, por exemplo.

 

Conselho: pense sempre sobre a prorrogação do seu projeto… Afinal já pensou encontrar um patrocinador e dar de cara com um projeto arquivado no MinC por falta de prorrogação?

 

newsletter

 

 

Quer conhecer o curso que ensina você a elaborar um projeto da página em branco à última linha do orçamento?

 

Elaboração de projetos culturais simplificada